Fazendo Mágica Com Escrita

 

Um acontecimento engraçado, uma cena triste de um filme, uma música inspiradora, um livro monótono. São pontos iniciais para um surgimento de uma ideia aparentemente sem sentido.

 

Mas, letras tomam formas, em seguida, palavras, perdidas, soltas… Luzes douradas se acendem. Um sorriso surge no rosto, uma expectativa, uma vontade de pegar uma caneta e um papel ou um notebook.

 

A necessidade de escrever se faz forte, presente. Laços de uma diversidade de cores são formados com aquelas palavras , fundindo-as umas nas outras até formarem frases coerentes.

 

Histórias são criadas, aquela cena do filme muda de versão. Aquele sonho não realizado faz parte da escrita agora.

 

Os dedos tomam o controle, a mente já não pensa por si só, as ideias iniciais mudam de foco, formando outras, e, aquele fim aparentemente sem graça se torna surpreendente.

 

As emoções passam para o papel, tornando-se palavras, jamais ditas em voz alta.

 

Tudo se torna fonte de escrita, uma música, o toque do piano, o vento lá fora.

 

Os pingos de chuva batem na janela, um barulho relaxante. A escrita se segue, embalada pela aquela melodia constante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s